Medo do diagnóstico atrapalha a realização de exames preventivos do câncer

Prevenção à Leucemia
Fevereiro Laranja: mês de prevenção à leucemia
26 de fevereiro de 2019
Touca hipotérmica Neoh Oncologia D'Or
Touca hipotérmica: o que é e quais os benefícios no tratamento do câncer
27 de maio de 2019
Mostrar tudo

Medo do diagnóstico atrapalha a realização de exames preventivos do câncer

câncer

De acordo com uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, mais da metade dos brasileiros se preocupa em ter algum tipo de câncer, mas mesmo assim, 24% da população não realiza exames preventivos.

Para a médica Ariana Luz, Oncologista da Acreditar Tocantins, ainda existe muita falta de informação sobre o impacto que um estilo de vida ruim tem no aumento das chances de aparecimento de um câncer.

“A população tem o que chamamos de Carcinofobia, que é o medo de receber o diagnóstico de câncer, porque, mesmo com tantos avanços tecnológicos nos tratamentos, eles ainda associam câncer à morte”, diz.

Medo do câncer

Ter bons hábitos alimentares e uma prática frequente de exercícios são essenciais para se prevenir contra câncer. Mas mesmo sabendo dessa medida, metade das pessoas ouvidas não faz exercício físico e não vê a obesidade como um problema relacionado à doença.

“Muitas pessoas negligenciam sintomas e comportamentos mais responsáveis em relação à saúde. Em alguns casos, também temos o agravante da demora para fazer o encaminhamento ao oncologista”, enfatiza Dra. Ariana.

Além disso, mesmo tendo uma vida equilibrada e hábitos saudáveis, uma série de outros fatores ainda podem desencadear diversos tipos de cânceres. Os exames preventivos, portanto, são a forma mais efetiva de diagnosticar o câncer e tratar a doença com uma antecedência que pode ser decisiva.

A importância do diagnóstico precoce

Os dados apresentados pela pesquisa são extremamente preocupantes, exatamente porque o diagnóstico precoce é decisivo para maiores chances de cura do câncer. Mesmo as pessoas que tem hábitos saudáveis podem desenvolver um câncer, por isso, a melhor forma de prevenção é a realização de exames de rotina.

Cada tipo de câncer vai pedir uma série de exames diferentes, mas aqueles que têm fatores genéticos associados precisam ser monitorados com mais frequência.

O câncer ginecológico, por exemplo, é um deles.

Dados preocupantes da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia – FEBRASGO, revelaram que aproximadamente 16,2 milhões de mulheres não fazem consultas no ginecologista ou obstetra há mais de um ano. Outras 4 milhões nunca procuraram atendimentos com o médico ginecológico.

Não realizar o exame preventivo pode causar inúmeros problemas à saúde da mulher, como explica o Dr. Tárcio Ribeiro Callou, ginecologista da Acreditar Tocantins, “o câncer de colo de útero é o mais grave. É um dos que mais mata mulheres no Brasil, principalmente porque, em boa parte dos casos, a descoberta é tardia”, informa o médico.

A pesquisa apontou também os motivos que as mulheres entrevistadas alegam para não procurar o médico. 31% das justificativas foram “Não preciso ir, pois estou saudável”; “Não considero importante ou necessário ir ao médico ginecologista” foi a resposta de 22% das entrevistadas; não ter acesso ao médico no local onde mora totalizou 12%; ter vergonha, 11%; e não ter tempo, 8%. O levantamento ouviu 1.089 mulheres com mais de 16 anos de todas as classes sociais, em todo o país.

A estimativa também indicada pela pesquisa é de que 20% das mulheres com mais de 16 anos correm o risco de ter algum problema ginecológico e não fazem ideia disso.

Faça seu check-up e previna-se

Por mais que o medo seja apontado como um fator para não realizar exames preventivos, quanto mais informação o paciente tiver sobre a doença e suas formas de tratamento, maior será o seu preparo para encarar os desafios que o câncer emprega e melhor será sua qualidade de vida.

Formas de diagnóstico

Realizados por especialistas, os exames preventivos evidenciam não apenas o câncer como outros tipos de doenças. Os testes laboratoriais também ajudam a definir qual o melhor tipo de tratamento para o câncer em questão.

Exames laboratoriais – biópsia

Feita de células de praticamente qualquer parte do corpo, a biópsia consiste em retirar uma amostra do tecido que provavelmente está sob a influência do câncer e analisá-lo microscopicamente.

O tipo, a técnica e a extensão da biópsia vai variar de acordo com o tipo de câncer que se tem suspeita. Por exemplo, as técnicas utilizados para biópsias de pele são muito diferentes daquelas feitas para biópsias cerebrais.

Exames laboratoriais – citologia

Também chamado de citopatologia, a citologia trata-se do diagnóstico feito a partir de células individuais ou de pequenos grupos de células. Mais fácil de se obter, a citologia é mais confortável ao paciente, uma vez que, comparada com a biópsia, não precisa de uma grande amostra do tecido.

Exames de citologia podem ser utilizados tanto para o diagnóstico quanto para o rastreamento do câncer.

O rastreamento é utilizado para encontrar pessoas que possam ter uma determinada doença, mesmo antes de desenvolver sintomas. Esse exame se aplica a pessoas que têm histórico de câncer hereditário na família.

Já o exame diagnóstico só é utilizado em pacientes que apresentam sinais, sintomas ou alguma outra razão para suspeitar que uma determinada doença (como o câncer) possa estar presente.

Procure ajuda

O medo é um processo natural, humano. O que ele não pode fazer é nos paralisar e impedir que encontremos a coragem necessária para enfrentar as adversidades da vida. Receber um diagnóstico de câncer é realmente difícil, mas é mais difícil ainda recebê-lo quando as opções de tratamento já estão limitadas demais.

Tem suspeitas de estar vivenciando o câncer ou gostaria de rastreá-lo? Podemos oferecer um diagnóstico rapidamente, além do melhor tratamento possível. Mais informações: (81) 3131-7891 ou (81) 9 9793-0131 (whatsapp).

1 Comentário

  1. Evy Abrahão disse:

    Fiquei muito interessado pelo seu post. Vou acompanhar seu Blog que é muito bom. É TOP! Esse tipo de conteúdo tem me agregado muito conhecimento. Grato !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *